A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/10/2015 12:47

Contra “má fama”, governo vai adotar ponto eletrônico para os servidores

Aline dos Santos
Segundo secretário, projeto piloto começa pela SAD em primeiro de novembro. (Foto: Marcos Ermínio)Segundo secretário, projeto piloto começa pela SAD em primeiro de novembro. (Foto: Marcos Ermínio)

O governo deve trocar 50 mil folhas de ponto mensais por controle eletrônico da frequência dos 69.852 servidores estaduais em 2016. O projeto piloto começa em primeiro de novembro na SAD (Secretaria Administração e Desburocratização). Nesta fase, duas máquinas vão atender 280 servidores, que serão reconhecidos pelas impressões digitais.

“Queremos premiar os servidores que trabalham, que comparecem ao serviço. Até para acabar com a fama de que o servidor não trabalha, é vagabundo. Ao contrário, trabalha muito e trabalha bem”, afirma o titular da SAD, Carlos Alberto Assis.

As máquinas do projeto piloto foram alimentadas com as matrículas e digitais. Outro recurso, quando o servidor estiver em viagem, é acionar o ponto por celular. O sistema registra local e horário.

A premiação será definida em um projeto de meritocracia, que vai ter indicadores de desempenho dos funcionários. Carlos Alberto afirma que se reuniu com representantes dos sindicatos e a proposta foi bem recebida.

Cada máquina do projeto piloto custou R$ 350. Para atender todo o Estado, o governo terá que abrir licitação e adquirir até 50 equipamentos. O ponto eletrônico deve ser implantado de forma integral no primeiro trimestre de 2016.



O Governo está quase parando e com essas novidades mirabolantes querem melhorar a administração. Parece piada, deve ser para esconder a incompetência para administrar.
 
PAULO em 15/10/2015 16:57:42
O Sr Carlos Alberto Assis diz que servidor público tem fama de que não trabalha, é vagabundo.....Sou servidor público há muitos anos e trabalho, logo não sou vagabundo......Penso que assim como na iniciativa privada há maus profissionais no serviço público também existem maus profissionais, assim como tudo na vida.....Agora o que DETONA o serviço público NÃO são os servidores públicos concursados e sim os apadrinhados políticos e a corrupção em todas as esferas do governo........Por fim, qual a porcentagem de apadrinhados políticos do governo atual ????
 
luciano cesar nicodemo ribeiro em 15/10/2015 14:24:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions