A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

02/10/2011 12:40

Correios dizem ainda poder cortar ponto dos grevistas de MS

Paulo Fernandes

Na interpretação dos Correios, a decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) impedindo o corte de ponto dos grevistas não vale para todo o Brasil, mas apenas para o Distrito Federal e Tocantins, as duas unidades da Federação que integram a 10ª Região.

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) afirma não ter sido notificada de qualquer decisão judicial que impeça o desconto, em caráter nacional, dos dias parados dos trabalhadores em greve.

Em nota, a estatal argumenta que uma decisão para ser válida para todo os País só poderia sair do TST (Tribunal Superior do Trabalho).

O advogado da Fentesct (Federações Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares), Rodrigo Torelly, contesta os argumentos dos Correios, conforme a Agência Brasil.

Para ele, a decisão do desembargador Mário Macedo Caron, do TRT da 10ª Região, é nacional, já que a ação foi proposta pela federação em nome de toda a categoria, com a autorização dos 35 sindicatos filiados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions