A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/08/2013 14:22

CRM pode investigar Siufi e médico que deixou de trabalhar no município

Edivaldo Bitencourt e Bruno Chaves

 

 

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul) também pode investigar os médicos que não cumprem a jornada de trabalho nas unidades básicas de saúde de Campo Grande. Eles, incluindo-se o médico e vereador Paulo Siufi (PMDB), já respondem sindicâncias instauradas pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e podem ser demitidos.

De acordo com o presidente do conselho, Luiz Henrique Mascarenhas Moreira, a abertura de processo no órgão vai depender da conclusão das sindicâncias e da comunicação de eventual ilícito ético pelo município.

Moreira disse que o presidente da CPI do Calote também deve se explicar se não está cumprindo o acordo de trabalho firmado com o município. Ele disse que o vereador pode ter a falta abonada se houve acordo com a prefeitura. Siufi pediu licença sem ônus para o poder público por dois anos.

O secretário municipal de Saúde, Ivandro Corrêa Fonseca, desconfia que os médicos estão recebendo, mas não estão trabalhando. Ele suspeita que esse é uma das causas da crise na rede pública, onde a população sofre para marcar consulta e demora para ser atendida nos centros regionais de saúde e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

CPI - Luiz Henrique vai prestar depoimento na CPI da Saúde da Assembleia Legislativa. Ele contou que a entidade vai colaborar no que for possível com o trabalho da comissão, criada para apurar as causas da crise na saúde pública em Mato Grosso do Sul. 



Tem mesmo é que devolver toda grana indevida com juros.
 
Carlos Magno em 22/08/2013 22:06:42
acho que ja deveria tá investigando faz hora nós população pagando um salario tão alto, para trabalhar só umas horas sendo que recebia para atender 20 horas semanais. vamos ver o que vai dar isso...
 
ronaldo bicalho em 22/08/2013 20:32:04
Já dizia a Pitty: "Quem não tem teto de vidro, que atire a primeira pedra"...
 
Renata Rodrigues em 22/08/2013 17:34:10
PODE ou DEVE? É incrível como no Brasil, as leis só valem para ladrões de galinha! Tsc Tsc Tsc.
 
Ricardo Boretti em 22/08/2013 16:40:36
Essa família Siufi inteira deveria ser investigada. Família desonesta e que vive à custa do sofrimento alheio. Esse tipo de gente jamais deveria ser médico, bando de carniceiro
 
Laura Castellani em 22/08/2013 15:58:10
Ao Ministério Público,
Senhores se o senhor secretário de saúde só vem falar isso agora depois de 8 meses tendo o controle da secretaria de saúde, no minimo tem que indiciá-lo também pois o mesmo só se pronunciou agora sobre este vereador e os demais postos que é assim na zona rural o mesmo está dando aprovação. Senhores do ministério público vejam a realidade não a politica.
 
cesar anderson em 22/08/2013 15:24:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions