ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

CRM recomenda estudo para mudança de horário em MS

Redação | 22/08/2008 19:01

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina) recomendou que seja feito um estudo sobre os impactos à saúde da população com a mudança do horário proposta no projeto que tramita no Senado Federal.

A recomendação do conselho foi encaminhada ao deputado estadual Paulo Duarte, líder do PT na Assembléia Legislativa, em resposta ao ofício encaminhado por ele que solicitava as informações sobre conseqüências à saúde, caso haja mudança.

No documento, o CRM aponta a importância da pesquisa sobre as mudanças ressaltando as alterações que podem ser causadas na fisiologia e equilíbrio humano. "Serão necessários estudos e pesquisas sobre a possibilidade de impacto e alteração na fisiologia e equilíbrio da saúde humana, utilizando metodologia científica que possa avaliar com mais solidez as conseqüências para saúde do ser humano e os impactos nos sistemas de saúde e capacidade laboral", é o que diz trechos do documento.

Segundo o deputado, o documento reforça sua tese de que antes de aprovar a mudança do fuso horário do Estado é constatar que não haverá prejuízos à saúde da população.

De acordo com o parlamentar, o horário de Mato Grosso do Sul foi definido por questões geográficas e a mudança não trará benefícios econômicos ao Estado, como algumas pessoas têm afirmado. "

Nos siga no Google Notícias