A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/10/2013 10:14

Cunhado matou homem que foi flagrado com a amante pela mulher

Graziela Rezende
Reviravolta em tragédia foi descoberta pela Polícia em 24h. Foto: Cleber GellioReviravolta em tragédia foi descoberta pela Polícia em 24h. Foto: Cleber Gellio

Teve uma grande reviravolta no caso do vendedor ambulante Fernando Cardoso Nogueira, 34 anos, que morreu com uma facada no peito na tarde de segunda-feira (14), na rua Bernardo Franco Baís, Vila Carvalho, centro de Campo Grande. Ele foi morto pelo cunhado. Após flagra-lo com a amante e apanhar dos dois, a esposa ligou para o irmão, que foi ao local e desferiu o golpe fatal. 

Segundo a delegada Ana Claudia Medina, responsável pelas investigações, a esposa da vítima não matou Fernando, mas seu irmão, Paulo Renan Robles de Almeida Florêncio, 27 anos.

Rhayssa Gabriella Robles de Almeida Florêncio, 26 anos, diz ter sido agredida pela amante do marido e ligou para o irmão, pedindo ajuda. "Ambos se encontraram na casa do pai e Paulo a levaria para delegacia, porém estava chovendo. Eles então pediram ajuda para uma prima e, no trajeto, passaram na casa da Rhayssa para pegar documentos, quando aconteceu a tragédia”, conta a delegada.

Na ocasião, sem a chave, Paulo pulou o portão e encontrou Fernando com as malas prontas para ir embora. Rhayssa iria pegar os documentos e seguir para a delegacia. Um dia antes, ela flagrou o marido com a amante na cama e já havia deixado prontas todas as coisas dele.

“A jovem falou para o marido que iria informar a Polícia sobre as agressões e Fernando então partiu pra cima dela. O irmão saiu em defesa da Rhayssa, colocando as duas mãos no peito do Fernando, na tentativa de afastá-lo. E como vende gás e água, fica com uma faca no bolso da calça para abrir os galões. Ele pegou o objeto e disse que quis dar um susto na vítima, pedindo para se afastar, mas ele continuou investindo na briga e foi ferido”, comenta a delegada.

Rhayssa pediu ao irmão para fugir, sair correndo, enquanto ela acionava o socorro médico. A Polícia foi acionada e ela então assumiu o crime no lugar do irmão, “sentindo-se na obrigação de defendê-lo”, conforme ela mesma disse à Polícia. Na terça-feira (15), quando a 1ª Delegacia começou a investigar o crime, os envolvidos foram intimados para prestar depoimento.

“As versões da Rhayssa e da prima não coincidiam, principalmente porque cada uma descrevia a cena do crime de alguma maneira e nem sabiam dizer onde estava a faca. Já no início desconfiei que ela não seria a autora, ou até mesmo que tinha contado com a ajuda de alguém. Foi aí que coletamos mais indícios e, assim que informamos sobre o irmão, Rhayssa falou a verdade”, argumenta a delegada.

Na noite de ontem (16), já sabendo das investigações, Paulo compareceu a delegacia, com a faca usada no crime e acompanhado de um advogado. “Ele se apresentou espontaneamente e, por enquanto, permanece em liberdade, mas já indiciado pelo crime. Rhayssa ainda está presa, porque estamos ainda coletando mais depoimentos sobre o crime”, conta Ana Cláudia.

Paulo possui antecedentes por porte de entorpecente e lesão corporal dolosa. Já a amante da vítima, identificada como Glaucia Iris dos Santos Costa, 24 anos, pode responder pelas agressões físicas à Rhayssa. Ela também compareceu a delegacia, bem como Rhayssa já realizou o teste de corpo de delito, por estar com diversos hematomas.

Flagrante – Segundo a Polícia, Rhayssa viu Fernando na cama com a amante. Eles começaram a discutir e a jovem apanhou de Fernando e Glaucia. A briga teve início na casa e foi parar na calçada, onde Fernando foi ferido e morreu em seguida. O casal tem três filhos, de 5, 7 e 12 anos de idade.

No mesmo dia, outro dado curioso no caso, foi de Rhayssa e Glaucia vendiam drogas. 

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...


Se bateu em mulher, ja foi tarde, parabens ao rapaz por defender a irma
 
Tony Harper em 17/10/2013 13:41:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions