A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/01/2011 10:54

Medicina da UFMS é o 95° curso mais procurado do Pais

Ricardo Campos Jr.

Graduação melhor colocada do Estado é 16ª no ranking da área

 Medicina da UFMS é o 95° curso mais procurado do Pais

O curso de Medicina da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) foi o melhor classificado no Estado no ranking dos mais procurados no Sisu (sistema de Seleção Unificado), mas ocupa apenas o 95º lugar no País, de acordo com os dados divulgados pelo MEC (Ministério da Educação).

Ao todo foram 2.678 inscrições no curso, que terminou com uma concorrência de 44,63 candidatos por vaga.

O segundo melhor classificado em Mato Grosso do Sul em relação a preferência dos candidatos é o de Administração, também da UFMS, em 102ª posição.

Dos cursos de Medicina, o da instituição foi o 16° mais procurado ficando atrás de instituições como UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso), que foi o 7° curso de medicina mais procurado do Brasil. No total são 25 cursos da área no Sisu.

O curso da UFCE (Universidade Federal do Ceará) teve a maior procura no Brasil (7.701 inscrições), localizado em Fortaleza.

A graduação mais procurada em todo o País foi o curso de Ciência e Tecnologia oferecido pela Fundação Universidade Federal do ABC, em São Paulo, que teve 12.971 inscritos.

O curso menos procurado em MS aparece na 2.123ª colocação no Brasil. Letras, com habilitação em Português e Inglês oferecido pela UFMS em Três Lagoas teve 212 inscritos para 30 vagas, o que corresponde a uma concorrência de 7,07 candidatos por vaga.

Matrículas - Os alunos aprovados podem ir até as instituições de ensino para as quais foram selecionados a partir de amanhã para efetivar a inscrição. A data limite é na próxima segunda-feira (31).

Haverá outras duas chamadas para preencher as vagas remanescentes e depois, quem não entrou na lista dos aprovados poderá solicitar entrada na lista de espera.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...


são comentários infantis, na verdade devemos cobrar maiores investimentos do governo federal em todos os niveis de educação, mais vagas em todos os Estados e maior valorização dos docentes!
 
wilson cesar velasques em 27/01/2011 11:02:39
E desde quando a concorrência é parâmetro de qualidade?
 
Claudio Sanavria em 27/01/2011 08:39:02
Não concordo com o ponto do vista de alguns que acham que o curso de Medicina da UFMS é menos qualificado que o da UFMT, ou de outras instituições; a relação candidato/vaga, ou a aprovação em residência médica, não são parâmetros suficientes para avaliar a qualidade de ensino de uma faculdade.Ao longo da minha vida profissional, pois sou médico ortopedista formado pela UFMS há 10 anos, trabalhei com vários colegas formados em diversas universidades, e posso afirmar, o curso de medicina da UFMS tem excelente qualidade de ensino.
 
Edinaldo luiz de Melo Bandeira em 27/01/2011 07:13:39
Será que a instituição está tão desacreditada assim? OU há outras implicações para esse resultado?
 
adriana de lima em 26/01/2011 11:13:52
Lógico que MT teria uma concorrência maior que aqui. As pessoas vão pelo mais fácil, vão onde acham que ninguém quer ir, ou vão no lugar onde moram. Só na cidade de São Paulo tem mais gente que no nosso estado inteiro, faz sentido ter varios cursos com boas posições no Ranking.. Balela considerar e observar isso.
 
Iann Gabriel em 26/01/2011 09:52:33
O Curso de Medicina da UNIDERP continua bom porque a Anhanguera não se apossou dele por não ter experiência na área. Quando essa instituição assumi-lo de vez será um desastre.
 
Alberto Gaspar em 26/01/2011 06:18:57
Será que o curso de Medicina de Dourados entrou na contagem??? Se o da capital está ruim, perdendo até para o MT, diga-se de passagem não ganhamos uma do MT há tempos, lembram da sede da copa??? Vai dizer isso no meio acadêmico em Dourados, sairá de lá a base de paulada, pois nunca antes da história do Ensino Superior deste Estado a educação não anda lá essas coisas, é só comparar com as Instituições Privadas.
 
Junior Silva em 26/01/2011 05:46:16
A verdade é que o curso de Medicina da UFMS é uma porcaria... Pior inclusive do que o curso da UNIDERP, que é particular... Os resultados das provas de residencia deste ano mostram isso, já que a grande maioria dos aprovados é da UNIDERP.
 
Joao Kleber em 26/01/2011 03:41:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions