A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/07/2008 12:43

De modelo ao abandono, Hércules Maymone exibe decadência

Redação

Alunos selecionados, professores especializados e grade escolar diferenciada fizeram do Hércules Maymone uma escola cobiçada e referência em educação, isso quando foi inaugurado há 18 anos, em Campo Grande. Hoje, com menos de duas décadas de existência, o visível abandono parece soterrar o que deveria ser projeto modelo.

As denúncias vêm das paredes pichadas, de carteiras quebradas e amontoadas nos cantos transformados em depósito de sucata. Dos banheiros sujos e depedrados, de laboratório desaparelhado.

O Ideb (índice de desenvolvimento da educação básica) confirma as conseqüências de um projeto aparentemente abandonado. Os alunos do Hércules atingiram média de 2,7, abaixo até da média nacional de 3,0 e bem distante da média atingida em Mato Grosso do Sul, que foi de 3,4.

A escola que foi projetada na década de 90 para um modelo que atendesse cerca de 200 alunos, conta hoje com 1700 matriculados, mas já chegou a ter três mil estudantes.

Modelo

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions