ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Defesa de major quer anular transferência para presídio

Por Redação | 14/07/2009 11:39

A defesa do major da reserva da PM (Polícia Militar) Sérgio Roberto de Carvalho quer anular o ato que determinou a transferência do oficial para a Penitenciária Federal de Campo Grande.

De acordo o advogado Manoel Lacerda, a intenção é peticionar ainda nesta semana no Tribunal de Justiça o pedido de anulação do ato.

Carvalho cumpria pena em liberdade condicional por tráfico de drogas, quando foi preso na operação Las Vegas, em maio. Ele foi para o Presídio Militar, depois para o presídio federal.

Segundo o advogado, o oficial não pode ficar preso na unidade federal porque a lei diz que em presídios só podem ficar detentos já condenados e/ou àqueles que cometerem crime contra pessoa ou coisa.

Carvalho foi preso em maio em uma ação conjunta do Ministério Público Estadual, Polícia Federal e Polícia Militar. Ele é apontado como chefe de uma quadrilha que explorava jogos de azar em cassinos e em bares.

O Tribunal de Justiça determinou a expulsão dele da PM. Falta a publicação do governo do Estado no Diário Oficial.