A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/01/2010 10:45

Dengue não justifica sobrecarga em posto, diz secretário

Redação

O secretário de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse esta manhã, após reunião no posto de saúde da Vila Almeida, que os casos de dengue não justificam a procura acentuada pela unidade, que foi invadida na semana passada por usuários que se irritaram com a demora no atendimento.

Para ele, o posto está sendo mal utilizado e muita gente está indo ao local por "curiosidade" porque o prédio é novo.

Ele afirma que entre os postos da Capital, o da Vila Almeida é o quinto em atendimento de pacientes com dengue. O primeiro é o da Coophavila, depois vêm do Aero Rancho, Guanandi e Coronel Antonino. Nos dois primeiros houve inclusive reforço no número de médicos e funcionários administrativos.

Mandetta explicou que o atendimento do Vila Almeida está na classificação azul, ou seja, a maior parte é ambulatorial. O posto tem oito médicos por plantão, número que considera adequado. No dia em que ocorreu a confusão ele afirma que havia quatro pediatras e quatro clínicos.

Hoje de manhã houve reunião com participação de representantes da Secretaria de Segurança Pública em que o prefeito, Nelsinho Trad (PMDB) pediu policiamento nos postos para preservar os funcionários.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions