A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/05/2013 17:30

Dezessete índios envolvidos em conflito em Sidrolândia estão presos

Nadyenka Castro e Aliny Mary Dias
Outros três indígenas detidos chegaram em ônibus com agentes da PF (Foto: Vanderlei Aparecido)Outros três indígenas detidos chegaram em ônibus com agentes da PF (Foto: Vanderlei Aparecido)

Dezessete índios envolvidos em conflito com a Polícia nesta quinta-feira, em Sidrolândia, estão presos. De acordo com a PF (Polícia Federal), todos cometeram o crime de desobediência. Entre eles há uma mulher e três adolescentes.

Os índios são levados para o auditório da PF e depois serão ouvidos, um por vez, pelo delegado de plantão. Os menores de idade foram encaminhados à Polícia Civil de Sidrolândia.

Representantes da Funai (Fundação Nacional do Índio) e de ONGs (Organizações Não Governamentais) estão na Superintendência e irão conversar com os indígenas, após depoimento deles.

O conflito na fazenda Buriti teve início pela manhã. Índios colocaram fogo na sede da fazenda e policiais federais e militares atiraram. Cinco pessoas ficaram feridas, uma delas, o indígena Oziel Gabriel, 35 anos, morreu.

Os índios invadiram a fazenda Buriti no dia 15 de maio. A Justiça determinou que eles saissem da área, mas as famílias resistiram. 

Os terena colocaram fogo na sede da fazenda, minutos antes do comboio policial chegar à area por volta das 7 horas. Depois, para impedir o acesso à propriedade também colocaram fogo em duas pontes. 



E ai, quem paga pelo vandalismo na sede da fazenda? Fica por isso mesmo? Aliás, vendo essa foto, se esse cara de camisa preta for índio, eu, com esse meu cabelo enrolado, sou o típico alemão.
 
Mario Andrade em 31/05/2013 09:24:36
Os índios nao São inimputaveis?
 
adalto de oliveira em 30/05/2013 21:12:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions