A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/11/2009 15:50

Diretor diz que não haverá mudança no tratado de Itaipu

Redação

Em audiência com o senador Delcídio do Amaral (PT/MS), o diretor-geral da Itaipu Binacional no lado paraguaio, Carlos Mateo Balmelli, afirmou que o tratado entre Brasil e Paraguai não será alterado. Balmelli foi recebido pelo congressista no gabinete, em Brasília (DF).

"O tratado não pode ser mexido, porque é uma obra de engenharia extraordinária, um exemplo de engenharia financeira, de construção e de tecnologia. O Paraguai faz uma leitura absolutamente precisa da situação. Eles querem aproveitar o sucesso do Brasil para crescer também. Nós não podemos perder essa oportunidade. E pelas informações que o dr. Balmelli me deu, não haverá nenhuma alteração naquilo que nós aprovamos no acordo de Itaipu", afirmou o senador.

Após as negociações serem concluídas, o acordo entre os dois países precisa ser aprovado pelo Senado. Foi esse motivo que levou o diretor da Itaipu binacional a conversar com os senadores brasileiros. A Itaipu é responsável por 19 % da energia consumida no Brasil.

Delcídio afirmou que Mato Grosso do Sul pode ser diretamente beneficiado com as negociações em torno da energia gerada por Itaipu."Existe a expectativa de liberar o Paraguai para negociar a energia excedente de Itaipu. Essa energia pode chegar a Mato Grosso do Sul com preços mais competitivos, o que vai ajudar o estado e os municípios em seus projetos de desenvolvimento. Outra possibilidade é a construção de uma ponte na região de Porto Murtinho, o que aumentaria o trânsito de produtos entre os dois países , gerando mais empregos e promovendo a integração da América do Sul no setor de infraestrutura", afirmou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions