A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

30/06/2010 07:58

Dono blinda lotérica depois de enfrentar 15 assaltos

Redação

O proprietário da Lotérica Santa Fé, na Avenida Mato Grosso, decidiu blindar o estabelecimento, para evitar assaltos. O local virou freguês dos ladrões, que já entraram 15 vezes e, além de causar medo, deram prejuízo.

"Estou atuando nesse setor há 18 anos, e ao menos, de duas a três vezes por ano sou assaltado. Já foram mais de 15 vezes que sofri perdas, que deixam, além do prejuízo, uma sensação de insegurança, de desconforto", revela Silas de Souza Lima, de 48 anos, proprietário da Lotérica.

No final de semana, foram instalados vidros blindados e chapas de aço resistente, que impedem o contato entre funcionários e público, coibindo também a ação de bandidos.

O blindado também está entre o cliente e o atendente. A conversa se dá por meio de pequenos furos em uma placa de aço, colocada no centro do vidro, por onde não passam munições de nenhum calibre, garante o proprietário.

"Quando trabalhava somente com apostas, os assaltos quase não aconteciam. Depois que as lotéricas passaram a receber pagamento de contas, o volume de dinheiro aumentou, que atrai a atenção dos ladrões", complementa Silas.

O investimento na blindagem ficou em torno de R$ 15 mil. Para o proprietário, a ação compensa, pois, segundo ele, mesmo com seguro, a lotérica sofre perdas. "Depois de ser assaltado, a renovação do seguro fica muito cara".

Os funcionários, na avaliação do proprietário, ficam mais tranqüilos para trabalhar. Ele também acredita que os clientes estarão seguros. A expectativa é de que o ladrão desista da ação ao ver que toda a estrutura é blindada e assim diminuam os assaltos. O dono cita como exemplos de lotéricas do Espírito Santo e São Paulo, onde, segundo ele, os roubos acabaram.

"Os clientes também gostam quando o lugar é seguro", declara o proprietário, que diz ainda que as lotéricas são alvos em toda a cidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions