A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

24/11/2014 19:34

Em dois dias de fiscalização, DOF apreende 3,7 toneladas de drogas em MS

Eduardo Penedo

O DOF (Departamento de Operações de Fronteiras) apreendeu em dois dias de fiscalização 3,7 toneladas de drogas na região Sul do Estado. Só esse ano o departamento já contabiliza a apreensão de mais de 200 toneladas de entorpecentes.

Dos estados brasileiros Mato Grosso do Sul é o que mais apreende drogas, respondendo segundo dados do Ministério da Justiça por 80% de todo o entorpecente tirado de circulação no Brasil. 

Na manhã de hoje (24), os policiais apreenderam uma caminhonete com placas de Itirapina (SP), carregada com 1,5 toneladas de maconha. A abordagem aconteceu na MS-164, próximo a Ponta Porã. Na ação da polícia, foram presos dois homens, sendo um de 46 e outro de 26, que levariam a droga de Ponta Porã a Campo Grande.

Na madrugada da última sexta-feira (21), foram tirados de circulação pelo DOF na MS-165, próximo a Linha Internacional também na região de Ponta Porã, 1 tonelada e 551 quilos de maconha, que estavam acondicionados em uma caminhonete, cor branca, com placas de Goiânia (GO), adulteradas e com ocorrência de roubo. O condutor abandonou o veículo ao avistar o bloqueio policial e fugiu para o Paraguai.

Também na madrugada de sexta, desta vez na MS-164, foram apreendidos outros 287 quilos de maconha. A droga estava em um carro passeio importado, cor prata, com placas de Diadema (SP), conduzido por um homem de 29 anos e tendo como passageiro um outro indivíduo de 20 anos. Os dois transportavam o entorpecente que seria levado para São Paulo, em nove sacos de nylon. O veículo também é produto de furto e estava com as placas adulteradas.

Já em Naviraí o DOF apreendeu 371 quilos de maconha, na manhã de quinta-feira (20), durante bloqueio policial realizado na MS-487, onde foi abordado um importado com placas de São Paulo (SP), conduzido por um homem de 24 anos, que transportava 439 tabletes da droga, acondicionados em sacos de nylon. O acusado foi preso e autuado em flagrante por tráfico na Delegacia da Polícia Civil de Naviraí.

De acordo com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, as apreensões de drogas no Estado, mais que dobraram nos últimos anos, levando em consideração o período de 4 anos, que compreende entre 2002 e 2006, quando foram tiradas de circulação nas estradas de Mato Grosso do Sul pouco mais de 88,7 toneladas de drogas. “São apreensões de quatro anos que foi em muito superada em um único ano, em 2013 quando a soma ultrapassou 136 toneladas de drogas”, lembra Jacini.

Dados da Sejusp mostram uma curva ascendente de apreensões de 2007 para cá, com destaque para os anos de 2010 com 52,6 toneladas de drogas, 44,4 toneladas em 2011, 87,6 toneladas em 2012 e 136 toneladas em 2013, recorde quebrado apenas pela Polícia Federal no início dos anos 2000, quando a instituição entrou para o Guinness Book com o maior número de apreensões da história, que foram 140 toneladas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions