ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 25º

Empregos

Projeto fica pronto e Ponta Porã poderá contar com parque tecnológico

Por Lidiane Kober | 14/11/2013 16:14

O projeto do Parque Tecnológico de Ponta Porã foi apresentado, ontem (12), em Brasília, pelo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, e o sonho de cursos e pesquisas para qualificação profissional fica mais próximo da população da região de fronteira do Estado.

O projeto prevê o incentivo à inovação, à pesquisa e ao desenvolvimento científico e tecnológico, premiando à comunidade com bolsas de pesquisas, vagas e trabalho e de estágio, agregando universidades, projetos educacionais e ações de educação corporativa e gestão do conhecimento.

Em julho de 2011, a ideia começou a ser desenvolvida pelo senador Waldemir Moka (PMDB). Ele percebeu a carência de oportunidades de trabalho para os jovens da região de fronteira e decidiu investir no projeto. “O Parque, além de impulsionar a economia local, facilitará a ocupação da juventude, favorecendo o combate ao uso de drogas, além de afastá-la do crime organizado”, avaliou.

O diretor-geral da Itaipu revelou-se “entusiasmado” com o projeto e garantiu, “total e irrestrito apoio da empresa ao projeto de Ponta Porã”. O empreendimento é inspirado no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), localizado dentro das instalações da usina de Itaipu, em Foz de Iguaçu, na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Também participaram da reunião com a Itaipu e se comprometeram a ajudar na criação do parque o senador Ruben Figueiró (PSDB), os deputados Reinaldo Azambuja (PSDB), Geraldo Resende (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), além da reitora da UFMS, Célia Maria, prefeitos da região de fronteira, o superintendente da Sudeco, Cléber Ávila Ferreira, e representantes da Fiems, Sebrae, Embrapa e do Comando Militar do Oeste.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário