A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/03/2010 16:38

Empresários discutem formas de tirar Ferroeste do papel

Redação

O presidente da Ferroeste, Samuel Gomes, discute nesta terça-feira (8) com empresários de Mato Grosso do Sul as atualizações do Plano Nacional de Logística e Transporte (PNLT) do governo federal. O encontro, realizado pela Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) e Ministério dos Transportes acontece no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco e deverá colocar em pauta a implantação do ramal da Ferroeste no Estado.

De acordo com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, em plena safra de grãos, o sistema de transporte, tanto no Estado quanto no resto do país, dá mostras de estar estrangulado. "A BR-101 que leva a produção do Mato Grosso do Sul ao Porto de Paranaguá é um comboio só de carretas e caminhões", afirma. O objetivo de Longen é mostrar aos técnicos do Ministério as dificuldades logísticas que o Estado encontra para escoar sua produção, por rodovia, até o Porto de Paranaguá.

Na tentativa de ganhar maior apoio do governo federal ao projeto de expansão da Ferroeste até Maracaju, os governadores do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) criaram a Ferrosul, uma operadora pública de propriedade dos quatro estados, para atuar a partir da plataforma da Ferroeste.

As reuniões para atualizar o PNLT vão subsidiar a elaboração do Plano Plurianual (PPA) do governo federal e o próximo encontro do cronograma, com a presença da Ferroeste, está marcado para quinta-feira (11), em Florianópolis, na Federação das Indústrias de Santa Catarina.

O PNLT dividiu o Brasil em vetores de desenvolvimento em vez de regiões. Mais da metade do território paranaense está dentro do vetorial centro-sudeste, que inclui todo o Mato Grosso do Sul e São Paulo e parte de Minas Gerais e Goiás. Na reunião de Florianópolis será discutido o vetorial sul, que envolve o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Paraná.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions