A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

03/12/2015 10:33

Epidemia atual pode ser uma das maiores do século, diz governador

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Governador destacou a importância das pessoas combaterem o mosquito transmissor da dengue e zika (Foto: Fernando Antunes)Governador destacou a importância das pessoas combaterem o mosquito transmissor da dengue e zika (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou, na manhã desta quinta-feira (3), que o Brasil enfrenta uma das maiores epidemias de dengue do século. Para combater o mosquito Aedes aegypti, que também transmite a zika e a chikungunya, ele anunciou que o Governo vai adotar “estratégia de guerra”.

“Vamos contratar mais agentes para auxiliar as prefeituras”, destacou o tucano. Atualmente, conforme a Secretaria Estadual de Saúde, foram notificados 32,5 mil casos de dengue este ano em Mato Grosso do Sul, com 15 mortes confirmadas. A situação é considerada de epidemia em 68 dos 79 municípios.

Reinaldo também destacou que o Ministério da Saúde vai recorrer à ajuda do Exército, Marinha e Aeronáutica para combater a dengue no País. Ele destacou que o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares, está concluindo o planejamento para adotar as medidas necessárias para combater a doença no Estado.

Contudo, o governador alertou que o mais importante é sensibilizar a população para a importância de se combater ao mosquito, já que o Aedes aegypti é criado dentro de casa. “Precisamos do engajamento da sociedade, para acabar com os focos nas casas fechadas e nos terrenos baldios”, destacou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions