A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

06/07/2015 08:27

Estado tem 20,2 mil "foragidos" com mandados de prisão em aberto

Luana Rodrigues
De janeiro até junho, foram cumpridos 2.979 mil mandados de prisão (Foto: Arquivo)De janeiro até junho, foram cumpridos 2.979 mil mandados de prisão (Foto: Arquivo)

O Brasil tem hoje uma fila de quase 437 mil mandados de prisão a serem executados pelas polícias, segundo dados do BNMP (Banco Nacional de Mandados de Prisão), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em Mato Grosso do Sul, o número de mandados de prisão em aberto, registrados no sistema da Polícia Civil, é de 20.283. Se todos fossem cumprido, quase triplicaria o número de presos no Estado, que conta com 14 mil internos nos presídios.

Uma informação que chama atenção, é que quase a metade dos mandados de prisão em aberto no estado (8.135), são por crimes civis, mais precisamente pelo não pagamento de pensão alimentícia. Os demais delitos que concentram maior número de mandados são furtos(5.098), roubos(3.767), tráfico de drogas(1.619) e homicídio (1.386).

Conforme o delegado titular da Polinter(Delegacia Especializada de Polícia Interestadual e Capturas), Luís Tomaz de Paula Ribeiro, foram cumpridos 2.979 mil mandados de prisão, de janeiro até junho. A média de cumprimento dos mandados em aberto é de 500 por mês, o que ocorre é que a maioria dos presos são soltos poucos dias depois da prisão. "No caso dos presos por falta de pagamento pensão alimentícia, por exemplo, caso paguem a dívida, o mandado é extinguido imediatamente e se eles estiverem presos, ganham liberdade", explicou.

Os mandados em abertos não representam o número de pessoas foragidas. Uma mesma pessoa pode ter contra si mais de uma ordem de captura. Dessa forma, embora revele o número de mandados de prisão, a ferramenta não informa quantas pessoas são alvos deles. Ainda assim, se todos os mandados fossem executados ao mesmo tempo, o sistema carcerário sofreria um colapso.

Segundo um levantamento nacional do Infopen(Informações Penitenciárias) divulgado no dia 23 do mês passado, Mato Grosso do Sul é o estado do país com maior número proporcional de detentos(568,9) para cada 100 mil habitantes. Com apenas 44 unidades prisionais com 6.902 vagas, o estado já "abrigando" 216% mais presos que a capacidade dos presídios, pois possui 14.904 detentos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions