A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

27/01/2011 12:21

Estudo vai mapear tráfego de cargas perigosas no Estado

Nadyenka Castro

Georreferenciamento será feito em duas rodovias federais

O tráfego de cargas perigosas em Mato Grosso do Sul será mapeado com o objetivo de ajudar na prevenção de acidentes e, se eles acontecerem, a serem melhores atendidos. Serão tabulados dados sobre o transporte dos produtos perigosos nas BRs 262 e 163, que cortam o Estado.

A empresa Quiron Serviços de Engenharia será a responsável pela avaliação de quais são os produtos e em que frequência eles passam pelas rodovias.

Uma reunião na próxima segunda-feira entre a Comissão Estadual de Prevenção, Preparação, Resposta Rápida a Emergência de Produtos Químicos e Perigosos e a empresa irá definir como será feito o estudo.

O georreferenciamento é o novo passo do plano de ação para a implementação do Sistema de Gestão de Produtos Perigosos e Riscos Ambientais.

“Esta empresa também vai formular uma tecnologia que será possível saber quando um veículo trafega com quais produtos perigosos pelas BR’s 262 e 163 dentro do nosso Estado”, explica o coronel Ociel Elias Ortiz, coordenador da comissão e comandante-geral do Corpo de Bombeiros

Para a implantação do novo sistema a comissão recebe também o apoio do Ministério do Meio Ambiente. O governo investiu mais de R$ 300 mil na compra de equipamentos utilizados pela Comissão.

São roupas especiais, explosímetro, máquinas, equipamentos de prevenção respiratória são alguns dos materiais que auxiliam em acidentes que envolvem produtos químicos. O kit atenderá as situações de emergência principalmente nos municípios de Campo Grande, Coxim, Três Lagoas, Corumbá e Aquidauana.

O sistema será implantado no Estado para atender a uma exigência nacional que prevê a preparação de órgãos públicos para prevenir e atuar da melhor forma em casos de acidentes envolvendo produtos perigosos que podem causar danos ao meio ambiente e à população.

A comissão envolve membros do Corpo de Bombeiros, PMA (Polícia Militar Ambiental), Imasul (Instituto do Meio Ambiente), Secretaria Estadual de Saúde e representante da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions