A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

07/02/2009 16:21

Evo promulga nova Constituição em meio a denúncias

Redação

Neste sábado, o presidente boliviano, Evo Morales, promulgou a nova Constituição, de viés estatizante e indigenista.

Mas a festa que o governo preparava para a promulgação da nova Carta, na cidade de El Alto, ficou em segundo plano, graças às denúncias de corrupção afetando o gabinete presidencial. O escândalo envolve a empresa nacional de exploração de petróleo YPFB.

O caso já provocou a queda do presidente da YPFB, Santos Ramírez - homem de confiança de Evo Morales.

A nova Constituição foi votada pelos bolivianos no dia 25 de janeiro. O texto inclui 411 artigos que ampliam o controle do Estado sobre a economia e expandem direitos das populações indígenas.

Entre as mudanças está a criação de limites para os latifúndios; a permissão para que os 36 povos indígenas originários bolivianos (uma minoria que não faz parte das duas grandes etnias do país, o quíchua e o aimara) tenham sistemas de Justiça próprios; e alterações nas instituições bolivianas e no modo como o Estado se relaciona com o setor privado.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions