A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/06/2010 17:00

Falta de cimento prejudica obras públicas em Dourados

Redação

A falta de materiais de construção pode atrasar o cronograma de obras públicas em Dourados. A alta procura pelo cimento tem dificultado o cumprimento de prazos, e a informação é que o problema está em nível nacional. A expectativa é que até o começo de julho a situação deve ser normalizada.

Em Dourados as obras de drenagem, com R$ 35 milhões de recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), vão utilizar, aproximadamente, 120 mil sacos de cimento. As ações tiveram início pelo bairro Canaã II e a conclusão deve se dar em 10 meses.

"Acreditamos que pode ocorrer uma demora na entrega da obra, pois o cimento, que é como se fosse nossa matéria-prima, está em falta. As cimenteiras garantiram as entregas, mas dependemos delas", explicou Carlos Roberto Felipe, engenheiro da empresa contratada para executar as obras de drenagem..

O engenheiro complementa que de junho ao início de outubro é uma época favorável às obras, uma vez que é reduzido o volume de chuvas. O gerente de loja de materiais de construção, Edson Cardoso de Souza acredita que a movimentação no setor de construção tem aquecido as vendas e consequentemente provocado a falta de produtos.

"Nossa dificuldade tem sido com o abastecimento de materiais, principalmente cimento. Nossa análise apontou que o fator determinante para a falta de estoque são os constantes investimentos em obras, inclusive por parte da prefeitura", afirmou.

Canteiro de obras

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions