A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/11/2009 11:00

Família denuncia erro de hospital que causou morte

Redação

Por quase 20 horas, a família de Jorge Oliveira de Lima, de 47 anos, luta pela liberação do corpo do homem que morreu às 8 da noite horas de ontem.

O drama começou há uma semana, quando ele passou mal pela primeira vez. Depois de passar por posto de saúde, ir e voltar também do hospital, os parentes não conseguem um médico para assinar o laudo da morte, que segundo a família foi causada por negligência.

Jorge passou mal pela primeira vez na madrugada do dia 24, Segundo a enteada, Sônia Aldir, ele saiu desacordado de casa, na rua Groelândia, no Jardim Batistão, em Campo Grande.

Atendido pelo Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência), primeiro o paciente passou pelo posto do bairro Coophavilla II, de onde foi encaminhado para o Hospital Regional.

"O diagnóstico foi de princípio de infarto e pediram para ele ficar internado para uma bateria de exames", conta Sônia.

Uma semana depois, Jorge foi liberado, sem maiores explicações à família. Dormiu bem, mas na manhã de ontem novamente sentiu dores e retornou ao Hospital Regional.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions