A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/02/2009 07:33

Família fará novas buscas por casal de adolescentes

Redação

Segue para o quinto dia o desaparecimento de um casal de adolescentes no bairro Nova Lima. Wellington Afonso dos Santos Arguero, 14 anos e Naiara Ribeiro Lucas, de 17 anos, foram vistos pela última vez na madrugada de domingo, ouvindo música em um ponto de ônibus em frente a casa da adolescente.

As duas famílias sofrem com a falta de notícias dos jovens que namoravam há aproximadamente sete meses. Suely Fernanda Afonso dos Santos, mãe de Wellington, disse que todas as forças da polícia estão mobilizadas em busca de uma solução para o caso, mas que até o momento não há nenhuma pista sobre o paradeiro dos dois.

"Estamos pensando em unir a família e amigos e fazer uma nova busca em terrenos vazios daqui do bairro", contou Suely. No domingo, antes de acionar a polícia, as famílias dos dois adolescentes fizeram buscas pela região.

Ontem pela manhã um homem chegou a fazer contato com a família, dizendo ter visto um jovem com as mesmas características do adolescente. Mas segundo a mãe dele, foi alarme falso. "O rapaz que ele viu era mais baixo que meu filho".

Segundo informações da DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), a polícia ainda não adotou um linha de investigação e todas as hipóteses estão sendo levantadas.

Os pais de Naiara e Wellington afirmam que os adolescentes não tinham problemas com droga e envolvimento com a criminalidade. Eles suspeitam que os dois foram vítimas de assaltantes, já que Naiara estava com dois aparelhos de telefone celular e Wellington calçava um tênis novo, que o irmão tinha acabado de ganhar.

Em uma conversa com o Campo Grande News, o irmão do adolescente revelou que Wellington tinha problemas com álcool. Segundo ele, o menor aproveitava os fins de semana que passava na casa do pai para beber.

Para tentar livrar o filho do vício a mãe pediu ajuda ao Conselho Tutelar que fazia o acompanhamento do jovem. "Ele já não bebia há uns dois meses", contou Heverton, único irmão do adolescente.

Mas segundo relatos de Daniela Batista da Silva, de 17 anos, amiga de Naiara e a última a ver o casal, na noite do desaparecimento, Wellington estava bêbado quando chegou na casa da namorada.

Eles haviam terminado e ele tentava reatar o namoro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions