A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/04/2008 11:15

Formado grupo contra o abuso de bebida em Campo Grande

Redação

Nos próximos trinta dias ações serão desencadeadas em Campo Grande para coibir o consumo de bebidas alcoólicas. A decisão foi tomada hoje, durante reunião com vereadores, autoridades policiais, entidades de proteção a crianças e adolescentes e o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini.

Amanhã, às 9 horas haverá outro encontro no Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) para planejar o trabalho preventivo e de repressão.

Durante o encontro desta manhã, alguns pontos de preocupação foram levantados, como o fácil acesso a bebida gelada em diferentes pontos da cidade e o desrespeito a Lei Seca.A reunião é resultado de denúncia feita pelos vereadores Paulo Siufi, Edil Albuquerque, Pastor Sérgio e Cabo Almi, que estiveram na semana passada com Wantuir Jacini.

A Sejusp assumiu o compromisso de intensificar a fiscalização para cumprimento da lei, mas sobre no comércio legal, que cumpre a legislação, a necessidade é de conscientização dos empresários e das famílias, avalia a Secretaria.

Durante o encontro de hoje a PM falou dos primeiros resultados da mobilização iniciada na semana passada. Operação realizado no Parque de Exposições no final de semana, resultou em um ônibus da PM lotado com adolescentes flagrados bêbados e centenas de litros de whisky derramados, além da punição de comerciantes que venderam a bebida ilegalmente, assegurou a Polícia Militar.

Hoje, os ataques feitos foram novamente contra estabelecimentos que vendem bebida gelada e não fiscalizam se o consumo em suas dependências é feito também por menores de idade.

Um exemplo citado foi do Shopping Campo Grande, onde a bebida estaria sendo livremente compartilhada por maiores com adolescentes. Em resposta, o representante do Shopping, Silas Paes Barbosa Júnior, alegou não ter número suficiente de seguranças para combater esse tipo de abuso. O problema também foi verificado nas redondezas de escolas e em terminais de ônibus, disseram os presentes na reunião.

A rotina da Promotoria de Justiça da Infância e Adolescência também mostra que o problema vai além: 80% dos infratores menores cometem crimes depois do consumo de álcool, informou a promotora Ariadne Cantú.

Atitude- Pelo menos quatro grandes operações devem ser desencadeadas pela cidade e após esse primeiro mês de ação especial, uma nova reunião será realizada, no dia 16 de maio, para que os avanços sejam avaliados.

As ações devem mobilizar Polícia Militar e Civil, Ministério Público, a Secretaria Municipal de Controle Urbanístico (Semur), o Serviço de Acolhimento, a Delegacia da Infância e do Adolescente e os Conselhos Tutelares.

O secretário municipal da Semur, Paulo Sérgio Nahas, defendeu campanhas educativas e prometeu avaliar projetos para contribuir com o trabalho. Os representantes da Câmara Municipal informaram que será votado em regime de urgência o Projeto de Lei, de autoria do vereador Paulo Siufi, com objetivo de proibir o consumo de bebidas alcoólicas nos postos de combustível, agora com emenda aditiva que inclui a proibição também em todas as conveniências da Capital.

"Se o maior número de problemas de violência está relacionado ao álcool, é hora de agir. Cada um, em pequenas ações que dificultem o consumo e a venda, fizer a sua parte, logo teremos mais tranqüilidade", resumiu o Vereador Paulo Siufi (PMDB).

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions