A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/08/2010 15:46

Fundect financia pesquisa de inseticidada contra o aedes

Redação

A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) aprovou projeto de pesquisa para o desenvolvimento de um inseticida que mata as larvas do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, e outros insetos vetores de ciclo reprodutivo similar.

O estudo prevê que os sais complexos mais tóxicos às larvas poderão ser inclusos em matrizes de uma espécie de gel absorvente, ou em pequenos recipientes plásticos, que liberariam o inseticida de forma lenta, atingindo assim o controle prolongado do mosquito transmissor da dengue; além da inclusão em microalgas e microorganismos da base alimentar nos criadouros com redução do impacto humano e ambiental.

Os complexos serão preparados a partir de sais sódicos de ácidos e testados quanto à toxicidade às larvas do mosquito e a inviabilização dos ovos do Aedes aegypti.

A proposta é de Eduardo José de Arruda da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e foi um dos projetos aprovados pelo Edital Fundect N° 14/2009, para conceder apoio financeiro para a execução de projetos de pesquisa científica e tecnológica que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico, social e cultural do Estado de Mato Grosso do Sul, em qualquer área do conhecimento.

Das 207 propostas apresentadas à Fundação, de um total de R$ 3.659.015,85, após análise do Comitê Assessor da Fundect foram aprovados 102 projetos, totalizando R$ 1.500.000,00, sendo R$ 994.975,32 para custeio e R$ 505.024,68 para capital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions