A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/05/2009 17:08

Gaeco prende quadrilha; bens vão ressarcir vítimas

Redação

Quatro integrantes de um bando envolvido em assaltos e estelionato foram presos na madrugada de ontem em Rio Claro (SP). Eles estão envolvidos em pelos menos duas ações em Mato Grosso do Sul, em que levaram das vítimas R$ 240 mil, principalmente em jóias, segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

Foram apreendidos com os integrantes da quadrilha, além de jóias, euro e dólar, veículos das marcas Audi, Toyota e Chevrolet que, segundo o Gaeco, servirão para ressarcir as vítimas. As investigações continuam porque há suspeitas de que o grupo agia também em Goiás, São Paulo e Mato Grosso.

As investigações tiveram início há um mês. Os suspeitos moram em Rio Claro, onde têm empresas. A ação teve apoio da Deco (Delegacia de Combate aos Crimes Organizados) e da (Delegacia de Investigações Gerais) de São Paulo. A operação contou ainda com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e prisão, expedidos pelos juízes Alexandre Antunes e Danilo Burin. Estão presos

José Aparecido Santos, Josiane Santos (filha de José), William de Oliveira e Celli Hang. Era Celli quem movimentava o dinheiro da quadrilha. Todos foram trazidos para Campo Grande e reconhecidos pelas vítimas. Os policiais ainda procuram por Viviany Araújo Estanislau.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions