A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/06/2013 12:59

Gol afirma ter prestado assistência a grupo que ficou preso por um dia em Cuiabá

Paula Maciulevicius

A Gol empresa aérea afirmou em nota que prestou assistência ao grupo campo-grandense que ficou preso por um dia no aeroporto de Cuiabá e que a situação foi provocada pelo mau tempo, que fechou o aeroporto de Campo Grande para pousos e decolagens.

Neste sábado, o Campo Grande News relatou a dificuldade de mais de 80 passageiros que viajavam pela empresa aérea, com destino a Campo Grande. Desde sexta-feira, depois de serem deslocados para Cuiabá por falta de teto no aeroporto da Capital, eles aguardavam uma posição da companhia quanto ao horário de desembarque em Campo Grande.

Uma das passageiras, Suely Almoas, 50 anos, descreveu que tudo começou logo depois do embarque em São Paulo, no Aeroporto de Guarulhos. Os passageiros ficaram por mais de uma hora e meia dentro da aeronave, aguardando a decolagem, que não aconteceu. O piloto afirmou que não haveria teto para pouso em Campo Grande e pediu que os passageiros desembarcassem. Quando se dirigiam para pegar as malas, foram informados de que o avião viria para Campo Grande porque o aeroporto já estava aberto.

Na Capital, o piloto arremeteu a aeronave e levou os passageiros para Cuiabá, alegando falta de teto para pouso. Em Cuiabá o problema se juntou à falta de orientação e informação por parte da empresa. No sábado, os passageiros tiveram a notícia de que um voo sairia às 11h20 de Cuiabá para Campo Grande, mas o horário foi remarcado para 15h30.

A Gol informou ainda que após a abertura do aeroporto de Campo Grande, os passageiros foram reacomodados no voo e que lamenta pelo desconforto dos passageiros, mas que eventuais alterações nos horários e trajetos de voos por mau tempo são procedimentos, “ainda que indesejados, às vezes necessários às operações aéreas”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions