A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/12/2014 19:08

Governador libera R$ 10 milhões para hospitais e municípios

Alan Diógenes e Michel Faustino
Montante é para cobrir despesas com medicamentos, pessoal e equipamentos. (Foto: Michel Faustino)Montante é para cobrir despesas com medicamentos, pessoal e equipamentos. (Foto: Michel Faustino)

O governador André Puccinelli (PMDB) liberou por meio do FIS (Fundo de Investimento Social) cerca de R$ 10 milhões para 43 hospitais filantrópicos do Estado que são vinculados ao SUS (Sistema Único de Saúde). O montante é para cobrir despesas com medicamentos, pessoal e equipamentos.

Conforme o secretário estadual de Saúde, Antônio Lastoria, houve uma redução de 15% no repasse, se comparado ao valor do ano passado, em decorrência do arroxo financeiro. “Devido ao encerramento do ano e do mandato do governador, ele pediu para enxugar o repasse. Por isso houve essa redução”, explicou.

A Santa Casa de Campo Grande recebeu ao todo, R$ 1 milhão. No ano passado o hospital recebeu R$ 2 milhões. Do montante, R$ 800 mil foram repassados do fundo do Estado e R$ 200 mil pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). “Os recursos serão utilizados para a manutenção do hospital”, comentou o presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco.

Além de Santa Casa, a maternidade Cândido Mariano recebeu R$ 350 mil. Já o Hospital São Julião R$ 200 mil e o Hospital do Câncer R$ 200 mil.

O governador André Puccinelli disse que o esforço foi grande para garantir o recurso. ““Fizemos um esforço para poder garantir o repasse, que mesmo sendo menor do que nos últimos anos, irá contribui para uma boa gestão destas unidades”, mencionou.

O município de Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande, por exemplo, recebeu R$ 30 mil. Conforme o prefeito da cidade, Heitor Miranda (PP), o recurso vai ser utilizado para a reforma do centro cirúrgico e da lavandaria do hospital municipal.

“É muito importante por que vai ser uma ajuda para podermos custear as despesas e continuar atendendo os cidadãos. O hospital é muito importante para a cidade por que serve como maternidade e para a realização de cirurgias eletivas”, destacou.

O secretário municipal de Saúde, Jamal Salém, falou da importância do repasse. “Vai ser bom para que os hospitais consigam arcar com as despesas de fim de ano, como o 13º salário dos funcionários por exemplo”, finalizou.

Dos R$ 10 milhões, R$ 6 milhões serão repassados à hospitais filantrópicos e o restante será investido no setor de saúde de 43 municípios do Estado.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions