A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/08/2012 17:50

Governo assina convênio para construção de 1,2 mil casas em Campo Grande

Gabriel Neris

Serão investidos R$ 73 milhões, sendo R$ 65,2 milhões do governo federal. A contrapartida estadual será de R$ 8,2 milhões

Prefeito de Campo Grande e governador assinaram convênio na manhã de hoje (Foto: Divulgação)Prefeito de Campo Grande e governador assinaram convênio na manhã de hoje (Foto: Divulgação)

O governador André Puccinelli (PMDB) assinou convênio na manhã desta segunda-feira (20) com a prefeitura de Campo Grande e a Caixa Econômica Federal para a construção de 1.232 unidades habitacionais no Residencial Celina Martins Jallad, na região do bairro Caiobá, de 125.601 m².

Serão investidos R$ 73 milhões, sendo R$ 65,2 milhões do Governo Federal. A contrapartida estadual será de R$ 8,2 milhões.

As residências fazem parte do programa "Minha Casa, Minha Vida 2" e serão destinadas a famílias da faixa-1, que possuem renda mensal de até R$ 1,6 mil. Cada casa será composta por dois quartos, sala, cozinha, banheiro, com forro e piso e área interna, e vai possuir sistema de aquecimento solar.

O residencial Celina Martins Jallad terá como diferencial 100% das casas são adaptadas para receber pessoas com necessidades especiais. Na cobertura, de 40 m², serão instaladas estruturas metálicas, telhas de barro e “passarinheira”, que evita a entrada de pássaros e poeira no interior das residências.

Os futuros moradores também devem encontrar o residencial com ruas asfaltadas, iluminação pública, captação de águas fluviais e rede de esgoto ligada à estação de tratamento. Cada unidade terá o custo final de R$ 59 mil.

De acordo com o superintendente regional da Caixa, Paulo Antunes de Siqueira, na segunda etapa serão construídas mais 266 unidades. O convênio deve ser assinado em 40 dias.

“Para se chegar a um momento como este é preciso envolver muita gente, inúmeros documentos são exaustivamente checados. Então, não basta termos só o dinheiro, é preciso envolvimentos de todos os parceiros para chegarmos a esta etapa que só é superada com o momento da entrega das casas às famílias”, destacou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions