A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/03/2010 16:54

Governo diz que antidoping para professor foi um erro

Redação

O governo do Estado informou que a exigência de teste toxicológico para o concurso do magistério foi um erro, já corrigido. A assessoria de imprensa não soube informar quando foi publicada a correção.

De acordo com a assessoria, assim que o edital foi publicado, no dia 27 de janeiro, foi feito um levantamento que comprovou que a cobrança do exame era ilegal. Em seguida, um segundo edital foi feito e publicado.

No entanto, o exame toxicológico foi exigido dos professores mesmo assim, com base no edital publicado antes da correção.

O governo informou que, no entanto, o exame não será eliminatório.

A exigência do exame anti-doping foi considerada abusiva pelo CDDH (Centro de Defesa dos Direitos Humanos) Marçal de Souza Tupã I e recebeu crítica também da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul).

Para o presidente do CDDH, Paulo

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions