A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

18/08/2015 10:03

Governo lança projeto que discute direitos humanos em escolas do Estado

Filipe Prado e Leonardo Rocha

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), lançou nesta terça-feira (18), no centro de convenções Rubens Gil de Camillo, o projeto “Direitos Humanos na Escola”. A proposta é levar para os estudantes da rede estadual de educação assuntos relacionados a direitos humanos, como violência, questões raciais e preconceito.

O coordenador de políticas da secretaria de Educação, parceira da Sedhast, Alfredo Anastácio Neto, explicou que inicialmente quatro bairros foram escolhidos para receber o projeto, sendo definidos por conta da vulnerabilidade envolvendo questões de violência.

Os bairros Nova Lima, Noroeste, Bonança e Los Angeles serão os primeiros de Campo Grande, sendo que os alunos do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio serão contemplados com uma hora/aula sobre os temas, a partir de setembro. O projeto chega ao interior do Estado a partir do 2º semestre de 2016.

Os temas serão escolhidos pelos diretores de acordo com a situação da escola. A superintendente de Direitos Humanos da Secretaria de Educação, Ana Lúcia Américo, explicou que a ideia surgiu ao perceberem “a violência e a banalização da vida humana dentro das escolas”.

“Muitas vezes a família não tem condições de transmitir os valores de direitos humanos, então é preciso realizar esta intervenção”, comentou a superintendente. Ela explicou que as oficinas serão interativas e não em modo de palestra. “Vai ser bem dinâmica”.

O MPE (Ministério Público Estadual) vai dar apoio ao projeto, através da ouvidoria, trazendo conteúdo, informações e dados, sendo que promotores poderão participar das oficinas. “Esse projeto é excelente, foca nos estudantes que serão os futuros cidadãos”, comentou a promotora de Justiça de Direitos Humanos, Jaceguara Dantas da Silva Passos.

O vice-governadora Rose Modesto (PSDB) foi confirmada para o lançamento do projeto, porém, por conta de compromissos de última hora, desmarcou a participação.

MEC vai propor nova estrutura para cursos de pedagogia
O Ministério da Educação (MEC) vai encaminhar ao Conselho Nacional de Educação (CNE), na próxima semana, uma proposta de modificação dos cursos de pe...
Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions