A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

14/03/2018 11:53

Governo prevê Hospital do Trauma em março e Caravana da saúde para abril

Instalações do hospital estão praticamente prontas; Caravana atenderá, principalmente, alunos de escolas públicas

Liniker Ribeiro e Leonardo Rocha
Hospital do Trauma funcionará em anexo da Santa Casa (Foto: Chico Ribeiro)Hospital do Trauma funcionará em anexo da Santa Casa (Foto: Chico Ribeiro)

O Governo do Estado confirmou, na manhã desta quarta-feira (14), a intenção de inaugurar as instalações do Hospital do Trauma, em Campo Grande, ainda neste mês de março e de retomar os atendimentos da Caravana da Saúde, no final de abril ou começo de maio.

Segundo o governador Reinaldo Azambuja (PDSB), a nova fase da Caravana terá como foco alunos de escolas públicas com objetivo de diminuir aspectos voltados à saúde que podem dificultar na aprendizagem dos estudantes. Entre as ações nas escolas, está prevista, principalmente, a realização de exames de audição e visão.

“A intenção é identificar possíveis problemas que prejudicam muito o aprendizado dos estudantes”, afirmou Azambuja. Ainda segundo ele, também estão previstos exames para especialidades femininas e a dar continuidade as cirurgias eletivas que, na primeira fase, alcançou a marca de 54 mil procedimentos.

“O caso é que ainda falta 27 mil pessoas na fila de espera e nossa intenção é zerar este número”, afirmou o governador.

Quanto a inauguração do anexo à Santa Casa, onde funcionará o Hospital do Trauma, a expectativa do governo é agendar a inauguração para Março. “Ele está praticamente pronto e o Esacheu Nascimento [ presidente da Santa Casa] está conversando com o ministro Ricardo Barros [do Ministério da Saúde] para marcar um dia de março para inaugurar”, relatou Azambuja, lembrando que Ricardo deixa o cargo em abril para poder tentar reeleição como deputado federal do Paraná, nas eleições deste ano.

Reinaldo aproveitou para firmar o compromisso do Estado em liberar repasse mensal para o funcionamento da unidade. “Vai depender dos valores mensais repassados pelo Governo, prefeitura e União, sendo que a nossa parte está garantida, concluiu.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions