A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/09/2009 13:56

Índios deixam prédio da Funasa após reunião

Redação

Depois de conseguirem reunião com diretores da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), indígenas deixaram no fim da manhã de hoje o prédio de Miranda, município distante 205 quilômetros de Campo Grande. Grupo composto por cerca de 300 índios invadiram hoje pela manhã a sede da Fundação para cobrar melhorias no atendimento e na distribuição de medicamentos.

Lideranças indígenas foram recebidas pelo chefe do polo Funasa de miranda, João Batista. Tanto ele quanto o chefe do distrito sanitário especial indígena de Mato Grosso do Sul, Nelson Olazar, afirmam que não houve invasão ao prédio.

Entretanto, a reportagem do Campo Grande News apurou que a sede foi invadida e que houve tumulto durante a ocupação. Os diretores da Fundação revelam que a reunião com os índios durou duas horas.

Eles cobravam informações acerca da dificuldade de conseguir medicamentos e exigiam reparos nas ambulâncias que atendem as aldeias. Os índios também querem a criação de uma secretaria voltada aos assuntos indígenas e agilidade no encaminhamento médico hospitalar.

O grupo que ocupou o prédio pertence à aldeia Moreira e, segundo o cacique Paulino da Silva, a invasão era uma forma de protestar contra o mau atendimento de funcionários da Funasa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions