ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEGUNDA  04    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Operação na fronteira deve prender mais de 20 PMs da quadrilha do cigarro

Ângela Kempfer | 26/10/2011 09:05

Operação desencadeada na manhã de hoje em municípios da região sul do Estado cumpre mais de 20 mandados de prisão contra policiais militares.

Segundo o comandante da PM, coronel Carlos Alberto David, a ação é realizada em conjunto com o Gaeco (Grupo Especializado em Combate ao Crime Organizado), em decorrência da Operação Holambra, que na segunda-feira prendeu 21 pessoas em Campo Grande e Sidrolândia por contrabando.

Nesta quarta-feira, a operação foi batizada de Fumo do Mal, em alusão ao comércio de cigarros do Paraguai que entram irregularmente no Brasil pela faixa de fronteira.

Já foram presos PMs em Naviraí e Eldorado, por facilitação ao contrabando. Também são alvo da ação policial comerciantes locais e pessoas responsáveis pelo transporte das cargas.

Segundo o coronel David, mais de 100 policiais militares estão envolvidos no trabalho ao lado do Gaeco e devem cumprir também mandados de busca e apreensão.

Ontem, o governador André Puccinelli antecipou que a Secretaria de Segurança Pública sabia do envolvimento de, pelo menos, outros 20 policiais com quadrilha de contrabandistas no Estado.

Os PMs recebem propina para facilitar a passagem de cargas com contrabando, pela região de Sidrolândia e na fronteira com o Paraguai.

Nos siga no Google Notícias