A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

05/03/2015 11:00

Acusado de estupro é assassinado por ex-patrão porque devia ferramentas

Caroline Maldonado
Autor do disparo, o ex-patrão Johnnatan, disse que cometeu o crime porque o empregado devia ferramentas de trabalho a ele (Foto: Sul News)Autor do disparo, o ex-patrão Johnnatan, disse que cometeu o crime porque o empregado devia ferramentas de trabalho a ele (Foto: Sul News)

Foragido do estado do Paraná, acusado de estupro, Noel Cavalcante, 39 anos, foi assassinado na tarde de ontem (4) com um tiro no peito, em frete a uma residência em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande.

O condutor da moto, que deu fuga ao autor do disparo, o ex-patrão Johnnatan Ricardo Rodrigues, 22 anos, disse que cometeu o crime porque o empregado devia ferramentas de trabalho a ele. Já o comparsa disse que apanhou de Noel, por isso resolveu participar do assassinato.

O homem foi baleado próximo a um conjunto de quitinetes, onde morava, segundo o jornal Sul News. Dois homens, em uma moto Honda Biz de cor azul e um deles desceu e chamou Noel. A vítima saiu de casa e discutiu com o rapaz, que sacou uma espingarda artesanal e disparou.

O piloto da moto então retornou e levou o autor do disparo. Quando o Corpo de Bombeiros chegou, Noel já estava morto. Policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil conseguiram localizar Johnnatan, em uma residência localizada na rua Alemanha.

Segundo a Polícia, Johnnatan confessou a participação no crime e entregou o comparsa Elias Santos de Mello, 28 anos. Elias também foi localizado e contou que escondeu a arma na casa de uma menor de 15 anos. Os investigadores foram até a casa do menor, onde encontraram a espingarda artesanal, que estava escondida embaixo de uma cama.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions