A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/03/2016 20:05

Adolescente morre em tiroteio com metralhadora e fuzil na fronteira

Nyelder Rodrigues
Dentro do carro-forte, foram encontradas as armas de grosso calibre (Foto: Léo Veras/Porã News)Dentro do carro-forte, foram encontradas as armas de grosso calibre (Foto: Léo Veras/Porã News)

Um adolescente de 17 anos morreu ao ser atingido por tiros durante uma perseguição que começou em Pedro Juan Caballero e terminou em Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande. Policiais paraguaios e brasileiros perseguiam um trio, suspeito de integrar o PCC, que estava em um carro-forte com fuzil e metralhadora.

Conforme o site Porã News, três homens rondavam em um carro-forte a casa de uma autoridade do estado paraguaio de Amambay. Seguranças perceberam a movimentação e acionaram a Polícia Nacional do Paraguai, que foi ao local e iniciou uma perseguição com tiroteio.

Os homens no carro-forte usaram uma pistola 9mm, um fuzil calibre 7,62mm e uma metralhadora MAG, também calibre 7,62mm, para tentar combater os policiais. Ao entrarem em território brasileiro, indo em direção ao bairro Aeroporto, eles também foram perseguidos pela PF (Polícia Federal), PM (Polícia Militar) e Polícia Civil.

O jovem que morreu no tiroteio é Hugo Gabriel da Silva, de 17 anos. Ele transitava de moto no momento em que ocorria o tiroteio, sendo atingido. Socorrido, foi levado para atendimento médico no Hospital Regional de Ponta Porã, mas não resistiu os ferimentos e morreu.

O trio em fuga em determinado momento parou e fugiu em uma mata, levando o fuzil. Os suspeitos já foram identificados pela Polícia Civil, que assumiu as investigações. A investigação aponta que eles são integrantes do PCC, facção criminosa que atua em São Paulo, Mato Grosso do Sul e estados da região sul do Brasil.

Arma, de grosso calibre, foi deixada para trás durante a fuga do trio perseguido desde o Paraguai (Fotos: Léo Veras/Porã News)Arma, de grosso calibre, foi deixada para trás durante a fuga do trio perseguido desde o Paraguai (Fotos: Léo Veras/Porã News)
O armamento, uma MAG calibre 7,62 mm, ainda tinha muita munição para ser usada e contava com equipamento chamado quebra-chamaO armamento, uma MAG calibre 7,62 mm, ainda tinha muita munição para ser usada e contava com equipamento chamado quebra-chama
Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...
UFMS oferece 16 vagas para professor de nível superior em Três Lagoas
Será aberto no próximo dia 1º de janeiro pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) as inscrições para preencher 16 vagas para professore...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions