A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

30/07/2019 09:19

Agência dos Correios é furtada pela terceira vez na Região do Bolsão

O furto só foi percebido no inicio da manhã de ontem (29), quando os funcionários chegaram para trabalhar

Viviane Oliveira
Fachada da Agência dos Correios no município (Foto: reprodução o Correio News) Fachada da Agência dos Correios no município (Foto: reprodução o Correio News)

Pela terceira vez, a Agência dos Correios em Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros de Campo Grande foi alvo de bandidos. O valor levado pelos criminosos não foi divulgado. Esses furtos são mais comuns no fim de semana e durante à noite. 

Conforme o site o Correio News, os ladrões conseguiram burlar a fragilidade do sistema de segurança e invadir a agência, que fica na Avenida Quatro. O furto só foi percebido no inicio da manhã de ontem (29), quando os funcionários chegaram para trabalhar e perceberam a porta dos fundos arrombada.

Tudo indica que os suspeitos agiram tranquilamente, pois no pátio havia sinais de pegadas e rastro de um carro de passeio. Eles danificaram a cerca elétrica e entraram com muita facilidade no prédio. Em razão da ação dos bandidos, a agência não abriu ontem (30). O caso é investigado pela Polícia Federal. 

Há anos que as agências dos Correios “caíram no gosto” dos ladrões. No começo do mês, três assaltantes com idades de 23, 27 e 29 anos foram presos depois de invadir agência dos Correios de Nioaque, distante 179 quilômetros de Campo Grande, e fazer funcionários reféns na tentativa de roubar a unidade. Para executar o crime, o grupo havia alugado uma casa na cidade, onde estavam hospedados há três dias.

Em nota, a assessoria de imprensa dos Correios informou que, "agência de Chapadão do Sul possui todos os recursos de segurança previstos. Além disso, os Correios investem permanentemente em medidas de segurança para suas unidades. A empresa também mantém parcerias com órgãos federais e estaduais de segurança pública, porque, assim como as demais instituições, os Correios dependem da atuação direta desses órgãos. Esse longo trabalho de inteligência, feito em conjunto entre as áreas de segurança dos Correios e as forças policiais, tem acarretado na prisão de suspeitos e desmantelamento de quadrilhas, assim como evitado a concretização de crimes".

Ainda conforme a assessoria, sobre outras ações criminosas sofridas pela unidade, foi informado que, em 2017, ocorreu uma tentativa de roubo e, em 2018, foi realizada uma tentativa de furto.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions