A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

20/10/2016 08:42

Alunos de creche que pegou fogo serão transferidos para duas escolas

Renata Volpe Haddad
Fogo começou no depósito e destruiu um dormitório da creche. (Foto: Divulgação)Fogo começou no depósito e destruiu um dormitório da creche. (Foto: Divulgação)

As 80 crianças que eram atendidas na creche Professor Antônio Florêncio de Macêdo, que pegou fogo na tarde de ontem (19) em Ladário, distante 419 km de Campo Grande, no bairro da Mista, serão transferidas para unidades próximas e o retorno às aulas acontece na próxima terça-feira (25).

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura de Ladário, a Secretaria de Educação realizou um mapeamento e designou as crianças do período integral para serem atendidas no CEMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) Mariano da Silva Carneiro, localizado no bairro Boa Esperança.

Em relação aos estudantes da pré-escola, na idade de 04 a 05 anos, as aulas serão transferidas para a Escola Municipal Irmã Régula, que também atende no bairro Boa Esperança.

Para atender a demanda de todos, a prefeitura vai disponibilizar o transporte para os estudantes se deslocarem até as duas instituições. As aulas retornarão 25 de outubro. Pais e responsáveis já se reuniram com a secretária de Educação, Maria Eulina Rocha dos Santos, que já os informou como serão os procedimentos de transporte e estudo para os alunos.

Ainda segundo a assessoria, os danos materiais causados pelo incêndio, só serão divulgados, logo após a avaliação da equipe de engenheiros da Prefeitura de Ladário.

Na sala ao lado do depósito, quando o fogo começou, havia 13 crianças dormindo. (Foto: Divulgação)Na sala ao lado do depósito, quando o fogo começou, havia 13 crianças dormindo. (Foto: Divulgação)

Incêndio - Por volta de 12h50 de ontem (19), o depósito da creche começou a pegar fogo. No momento, havia 33 crianças e sete funcionários no local.

No depósito, eram armazenados livros, materiais de escritório, fraldas, lenços, lençóis, materiais de uso higiênico e colchonetes. O fogo se alastrou pela secretaria, por um dormitório que ficou destruído e onde onde 13 crianças dormiam, e se espalhou pelo forro, mas não atingiu os demais pavimentos do prédio.

Ventiladores, televisores, computadores, impressoras, além de vários documentos foram destruídos. O telhado da área atingida pelo fogo teve que ser derrubado e a estrutura está danificada. O combate contou com 15 militares, 4 viaturas e foram gastos 6,5 mil litros de água.

Cassems leva 'Ônibus da Saúde' para Fátima do Sul no próximo sábado
O programa de prevenção "Ônibus da Saúde", realizado pela Cassems, levará atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul - cidade localizad...
Suspeito de estuprar enteada de 4 anos é preso no interior de MS
Um homem de 41 anos foi preso pelo estupro da enteada, de 4 anos, nesta segunda-feira (20) em Antônio João - a 279 quilômetros de Campo Grande. O abu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions