A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Novembro de 2017

28/12/2011 00:59

Após polêmica, lavagem das escadarias de igreja será com flores brancas

Paulo Fernandes
Entidades ligadas à cultura afro-descendente falaram com o bispo diocesano de Corumbá, Dom Martinez Alvarez (Foto: Diarionline)Entidades ligadas à cultura afro-descendente falaram com o bispo diocesano de Corumbá, Dom Martinez Alvarez (Foto: Diarionline)

Depois de a Igreja proibir a celebração da tradicional missa de 30 de dezembro com a presença de candomblecistas, o babalorixá Zazelakum Clemílson Medina disse, nesta terça-feira, que a lavagem das escadarias na Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária, vai ser mantida e celebrada apenas com flores na cor branca. Será um pedido de paz entre as religiões.

"Quem for para a lavagem, pedimos que leve um tipo de botão de qualquer flor, mas de cor branca. Mesmo a água de cheiro não recebendo a bênção do padre como acontecia depois de celebrada a missa, ela vai estar consagrada por Deus, por Jesus Cristo, por Maria que tenho certeza não estão de acordo com isso", afirmou o religioso em entrevista ao site Diarionline.

Entidades ligadas à cultura afro-descendente pediram na última sexta-feira ao bispo diocesano de Corumbá, Dom Martinez Alvarez, para a Igreja rever a decisão. "Fomos até a casa do bispo que nos recebeu muito bem, entretanto, ele manteve a decisão de não permitir a realização da missa”, disse.

Dom Martinez explicou que a decisão foi tomada com base na opinião de alguns fiéis. "Quando tomamos uma decisão, ela não é leviana, é fruto de ponderação. Tomamos não pensando em voltar atrás. Repito que, com base na opinião de alguns fieis, e no que acontece na Bahia, que também não abre as portas (da igreja), nós decidimos por não realizar a missa no dia 30 de dezembro na igreja Matriz. Nós não queremos ser diferentes do Brasil, não queremos inventar moda", declarou.

MPE entra com ação e consegue suspender do 'Dourados Brilha 2017'
Após as 16ª e 10ª promotorias de Justiça de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - entrarem com ação, a Justiça estadual concedeu li...
'Ônibus da Saúde' fará neste sábado atendimentos em Fátima do Sul
O programa de prevenção "Ônibus da Saúde", realizado pela Cassems, levará atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul - cidade localizad...
Justiça determina que prefeitura suspenda cobrança da taxa de lixo
Decisão tomada pela Justiça Estadual determinou que a prefeitura de Bataguassu - cidade localizada a 335 km de Campo Grande - suspenda a cobrança da ...


O Deus é o mesmo, mas o Homem ainda não é capaz de compreender o Amor Divino e carrega ainda muita raiva, rancor e preconceito.
 
Guilherme Campos em 28/12/2011 11:00:00
NOSSA JESUS NUNCA DESPREZOU NINGUEM,NAS PASSAGENS BIBLICAS QUEM FORAM OS ESCOLHIDOS POR ELE PARA ESTAR PERTO DELE.....QUEM SE JULGA SER ´´SALVO´´,SER ´´SANTO´´ TALVEZ JÁ FEZ MUITA COISA ERRADA,,ENTÂO EM VEZ DE FICARMOS COMO CERTAS PESSOAS PEDINDO PAZ SOMENTE ENTRE EVANGELICOS E CATOLICOS VÂO LER A BIBLIA E PROCURAR ENTENDE-LA,,,POIS PAZ É PARA TODOS......JESUS AMOU O MUNDO INCONDICIONALMENTE,.....
 
SIMONE DOS SANTOS COSTA PESSOA em 28/12/2011 10:42:54
AS IGREJAS CRISTÃS, DEVEM CONTINUAR PROIBINDO DOS CANDOBLESEIROS, FEITICEIROS, MACUMBEIROS, CENTRO ESPÍRITAS, QUE NÃO SÃO RELIGIÃO DE DEUS, SEGUNDO A BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS, EM SE MISTURAR, DEVE SER RADICAL, TODAS AS IGREJAS CRISTÃS, CONCORDO PLENAMENTE, E O NOSSO BISPO DO ESTADO, DEVE APOIAR A POSIÇÃO DO PADRE QUE COMANDA A IGREJA QUE PROIBIU, PAZ SOMENTE ENTRE AS IGREJAS EVANGÉLICAS E CATÓLICAS
 
PEDRO BRAGA em 28/12/2011 08:28:35
E o Deus não é o mesmo?
 
ALINE AQUINO em 28/12/2011 01:09:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions