ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Arma achada com adolescente morto em confronto foi usada em execução

Perícia confirmou que arma foi usada para matar Renato dos Santos Silva, em setembro do ano passado

Por Dayene Paz | 09/04/2024 09:27
Pistola 9 milímetros apreendida com adolescente. (Foto: O Correio News)
Pistola 9 milímetros apreendida com adolescente. (Foto: O Correio News)

A perícia confirmou que a pistola calibre 9 milímetros, apreendida no dia 19 de setembro do ano passado com um adolescente de 17 anos, foi utilizada na execução de Renato dos Santos Silva, o "Renatinho", em Chapadão do Sul, a 331 quilômetros de Campo Grande. O adolescente de 17 anos acabou morto em confronto com a polícia naquela data.

Foi feito exame de comparação balística com o projétil encontrado no local do crime e a arma apreendida. Tudo foi enviado para laboratório em Campo Grande, que apontou positivo. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (8).

Homicídio – Durante a madrugada do dia 19 de setembro do ano passado, Renatinho foi executado a tiros na Rua Maranhão quase esquina com a Rua Nova Esperança, no Bairro Sibipiruna, em Chapadão do Sul. A vítima era conhecida no meio policial.

Testemunhas disseram que o rapaz de 18 anos ainda tentou fugir, mas acabou sendo alcançado e baleado. Na rua foram encontradas duas cápsulas calibre 9 milímetros e o boné do rapaz.

Naquele mesmo dia, o adolescente suspeito de executar Renatinho foi encontrado pela polícia em um carro de aplicativo na Avenida Rio Grande do Norte. Ele apontou uma arma para os policiais, segundo a ocorrência, o que foi revidado e o adolescente atingido. Socorrido, o menor foi levado para o hospital, mas morreu.

As informações são de que a execução de Renatinho está ligada ao tráfico de drogas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias