A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

27/10/2011 13:10

Caciques de aldeia dizem que retirada de madeira foi autorizada

Viviane Oliveira

Os caciques das aldeias Cabeceira e Brejão localizadas na cidade de Nioaque disseram que a retirada de madeiras da espécie aroeira foi autorizada por eles.

O cacique da aldeia Cabeceira, Plácido Souza Bueno, 57 anos, informou que existe na aldeia um projeto de reflorestamento ambiental."Não existe extração ilegal de árvores em nossa área".

Representante da aldeia Brejão, Roque Pereira, 55 anos, afirmou que nenhuma árvore foi retirada sem autorização. “Foram utilizadas algumas madeiras, mas com o consentimento dos caciques”, destaca.

A denúncia foi feita por Alzemiro Marques Pereira ao sindicato dos trabalhadores públicos federais de Campo Grande, contra o atual administrador da Funai (Fundação Nacional do Índio), Edson Fagundes, por desmatar aroeiras sem manejamento florestal.

Edson Fagundes disse ao Campo Grande News que não existe desmatamento nas aldeias. “A madeira só foi retirada com o aval dos caciques”. Conforme ele, a autorização não partiu dele.

Segundo ele já solicitou ao Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) um levantamento na região para o órgão verificar quantas árvores foram derrubadas.

De acordo com o Ibama, uma equipe já está na região para verificar as denúncias relacionadas ao crime ambiental. A ação é conjunta com o órgão e a Polícia Federal.

Ilegal - É proibido o corte de aroeira e outras árvores consideradas nobres sem um plano de manejo aprovado pelo órgão. Ainda conforme o Ibama caciques não tem autoridade para autorizar a retirada de árvores, mesmo que seja nas aldeias.

Conforme a PMA (Polícia Militar Ambiental), a aroeira é madeira protegida por lei e só pode ser cortada com plano de manejo aprovado pelo Ibama. Em desmatamentos autorizados, sem esse planejamento, estas espécies também não podem ser cortadas.

Indígenas denunciam administrador da Funai por desmatamento ilegal de aroeira
A aroeira é madeira protegida por lei e só pode ser cortada com plano de manejo aprovado pelo Ibama Os indígenas da aldeia Brejão na cidade de Nioaq...
Durante abordagem, passageiro de ônibus finge passar mal e foge
Passageiro de ônibus fingiu passar mal para fugir da polícia, neste domingo (19), deixando para trás mala com maconha e os próprios documentos em Dou...
Travesti encontrada morta tinha 22 anos e foi reconhecida pelas amigas
Foi identificada como Wiris de Souza Santos, 22 anos, conhecida como Vitória, a travesti encontrada morta com nove facadas, por volta das 5h deste do...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions