A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/08/2016 11:34

Cidades ligadas ao agronegócio foram as que mais ganharam habitantes

Priscilla Peres
Pecuária e Agricultura fortes estão relacionadas ao aumento populacional. (Foto: Famasul)Pecuária e Agricultura fortes estão relacionadas ao aumento populacional. (Foto: Famasul)

Sidrolândia - distante 71 km de Campo Grande, é o município que mais cresceu em termos populacionais no último ano. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), são 1.620 novos habitantes entre 2015 e 2016, que hoje somam 52.975 moradores.

Em percentual, o crescimento chega a 3,15% sobre a quantia de 51.355 habitantes no ano passado. A proximidade com a Capital e o poder do agronegócio são os principais motivos para o crescimento acima da média, segundo o prefeito Ari Basso (PSDB).

Sidrolândia é sede de uma das maiores unidades do frigorífico JBS no Estado, que abate frangos. Além das centenas de empregos gerados diretamente, ainda há os indiretos, por meio dos produtores de frangos e de grãos, que dão origem a ração. "O agronegócio movimenta todo o nosso município, por meio da pecuária, agricultura e tudo o que está ligado a isso", diz.

Para o prefeito, outro fator que contribui para o aumento populacional são os 27 assentamentos que levam pessoas a cidade com frequência. Como qualidade, Sidrolândia ainda tem a proximidade com a Capital e o fato de ainda estar em pleno desenvolvimento.

Outros casos - Além de Sidrolândia, outras quatro cidades estão no ranking entre as cinco que viram a população crescer mais de 2% em um ano, em MS. Chapadão do Sul é a segunda na lista, com aumento de 664 habitantes entre 2015 e 2016.

A cidade que também tem a economia pautada no agronegócio hoje tem 23.284 habitantes, 2,94% a mais que os 22.620 que tinha em 2015. A terceira do ranking é Nova Alvorada do Sul, que hoje tem 20.217 moradores, com ganho de 561 habitantes em um ano.

Sonora e Maracaju fecham a lista das cinco, com 458 e 964 novos habitantes, respectivamente. A primeira tem a indústria de açúcar como uma das maiores da cidade, já a segunda é conhecida pela grande produção de grãos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions