A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

28/02/2013 14:29

Cinco paraguaias e uma brasileira são resgatadas de prostíbulo

Nadyenka Castro

Cinco paraguaias e uma brasileira foram resgatadas de um prostíbulo, em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande, na madrugada desta quinta-feira. O dono do local foi preso.

Duas paraguaias procuraram a Polícia Civil e contaram que tinham sido agredidas pelo dono do ‘Bar das Paraguaias”, onde trabalhavam. Elas relataram que brigaram no local e que o dono as havia mandado embora de lá.

A PM (Polícia Militar) foi chamada, foi ao comércio e o proprietário, de 31 anos, confirmou que as mulheres trabalhavam no local.

Segundo a PM, as duas inicialmente declararam que tinham sido aliciadas para prostituição, mas, depois negaram.

Diante da situação, os três foram encaminhados à PF (Polícia Federal), sendo verificado que o bar era um prostíbulo com seis mulheres mantidas em trabalho análogo à condição escravo.

As seis mulheres, sendo cinco paraguaias, foram libertadas. As estrangeiras estavam com documentação irregular e foram notificadas a deixar o Brasil.

O dono do bar foi preso em flagrante pela PF por tráfico internacional de pessoas, rufianismo (tirar proveito da prostituição), manter casa de prostituição e ter trabalhadores em condição análoga à escravidão. A esposa dele foi indiciada pelos mesmos crimes, mas, não foi presa porque não houve flagrante.

Conforme a PF, as prostitutas tinham que pagar por roupas que utilizavam para trabalhar e pela hospedagem. Além disso, os comerciantes eram quem recebiam os pagamentos pelos programas, não repassando o valor total.

No Brasil, a prostituição não é crime, mas, a exploração é.

Briga em partida de sinuca acaba com um homem esfaqueado
Homem de 35 anos foi esfaqueado após se envolver em uma briga durante um jogo de sinuca, na noite de sábado (24), por volta das 19h, em um bar locali...
Ladrões roubam carreta e obrigam caminhoneiro a dormir em matagal
Um caminhoneiro de 41 anos teve a carreta roubada na noite de sábado (24) na BR-163 em Rio Verde de Mato Grosso, a 207 km de Campo Grande. Segundo o ...
Após denúncia de ameaça e agressão, polícia apreende arma na casa de suspeito
Policiais militares apreenderam uma espingarda na casa de um homem de 49 anos, que é suspeito de tentar agredir e ainda ameaçar a própria esposa de m...
Homem é morto com tiro na boca após desentendimento em bar
Um jovem de 25 anos foi morto a tiros nessa madrugada (25) próximo a um bar no Centro de Jardim, 233 km de Campo Grande. Ele foi atingido com um tiro...



Não estou entendendo o sobressalto. A prostituição, apesar de condenável, existe no mundo todo. Agora, alguém esperava que o dono do estabelecimento arcasse com todos os custos como hospedagem e roupas e ainda repassasse o valor total às prostitutas? Seria o mesmo que um salão de beleza repassasse o valor total para as manicures. Então, que se fechem todos os prostíbulos do Brasil. O que não seria nada mal.
 
JOSÉ DE ALENCAR SANTELLI em 02/03/2013 11:44:32
como se isso não tivesse em campo grande.. lamentavel...
 
mario panziera junior em 28/02/2013 19:07:38
HEPA!!!! ISTO É A NOVELA DAS 8HS A SALVE JORGE ... KKKK ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL BEM PERTO DA GENTE QUE HORROR , MENOS DE 400KM DAQUI QUE TERRÍVEL ISTO !!!!
 
ELY MONTEIRO em 28/02/2013 17:29:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions