A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

29/02/2016 15:53

Criança de sete anos está na UTI após ser estuprada pelo padrasto

Homem de 29 anos foi preso em flagrante e disse que cometeu o crime porque estava embriagado; menina passou por cirurgia hoje

Helio de Freitas, de Dourados
Maurinho de Souza foi preso em flagrante por estupro (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)Maurinho de Souza foi preso em flagrante por estupro (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Uma menina de sete anos de idade está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica do HU (Hospital Universitário) de Dourados, a 233 km de Campo Grande, depois de ser estuprada pelo padrasto, um homem de 29 anos, que foi preso.

O crime ocorreu na aldeia Jaguapiru, que junto com a aldeia Bororó formam a Reserva Indígena de Dourados, a mais populosa do país, com pelo menos 15 mil índios.

De acordo com a assessoria de comunicação do HU, a menina foi encaminhada na tarde de ontem (28) após ser atendida no Hospital da Missão Caiuá.

“Seu quadro era grave e teve de ser submetida a uma cirurgia de reconstrução do períneo, além de medicações específicas para vítimas de violência sexual (medicamentos para coibir a transmissão de DSTs). Ela está internada na UTI Pediátrica, seu estado de saúde no momento é estável e não corre risco de morte”, informou a assessoria, ao Campo Grande News.

Maurinho de Souza, 29, acusado de estuprar a criança, foi preso logo após o crime, por lideranças indígenas na aldeia, que o entregaram à polícia. Segundo o boletim de ocorrência, ele mora há algum tempo com a mãe da menina e ontem saiu na companhia da criança para comprar pão. No meio caminho, ele arrastou a criança para o mato e a violentou sexualmente.

Levado ao 1ª Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante, Maurinho de Souza disse a jornalistas que cobrem a área policial que cometeu o crime porque estava bêbado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions