A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

02/06/2019 13:13

Dois adolescentes e uma mulher são presos por execução na fronteira

Autor dos disparos, de apenas 17 anos, foi encontrado com a arma do crime

Adriano Fernandes
Autor dos disparos, de 17 anos, algemado. (Foto: Fronteira Seca NewsAutor dos disparos, de 17 anos, algemado. (Foto: Fronteira Seca News

A polícia paraguaia prendeu na manhã deste domingo (02) três suspeitos de envolvimento no atentado em que Gabriel Salinas Pana, de 22 anos, e o sobrinho, Iker Salinas Pana, de 4 anos, morreram na tarde de ontem em Pedro Juan Cabalero, na fronteira com Ponta Porã – a 323 quilômetros da Capital.

As buscas foram realizadas em pontos distintos da cidade paraguaia e o autor dos disparos, de apenas 17 anos, encontrado no Bairro San Gerardo. Com ele também foi apreendido a arma usada no crime calibre 9 mm, com carregador e munições além de um celular.

Outro adolescente, de 17 anos, e uma mulher, conhecida como “Nenita” também foram presos. Ainda conforme o Fronteira News, os agentes conseguiram encontrar a motocicleta usada no atentado e que havia sido emprestada por um dos suspeitos.

O trio deve ser interrogado ainda hoje. O histórico de ligações e mensagens dos celulares dos suspeitos também serão cruzados na expectativa de serem levantados mais detalhes da execução.

Atentado – Ilker e Gabriel seguiam com o pai, Eliel Salinas Pana, de 25 anos, em uma única região do bairro Defensores del Chaco, quando pistoleiros disparam contra o veículo. Iker morreu ainda no local. Já Gabriel, tio da criança, chegou a ser socorrido, mas morreu logo em seguida. O pai da criança segue internado em estado grave.

A suspeita é de que os disparos foram direcionados para o pai da criança, socorrido em estado grave. O caso está sendo investigado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions