ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  11    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Dos 11 casos em Ladário, 3 são de prestadores de serviço para a Vale

Mineradora está testando funcionários e terceirizados; secretaria quer acesso a todos os resultados

Por Anahi Zurutuza | 29/05/2020 19:27
Ladário tem 11 casos confirmados de coronavírus (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)
Ladário tem 11 casos confirmados de coronavírus (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Dos 11 casos de coronavírus confirmados em Ladário, 3 são de prestadores de serviço da Vale do Rio Doce. Temendo que o foco da doença esteja na mineradora, a Secretaria de Saúde do município pediu acesso aos resultados de todos os testes feitos em funcionários e terceirizados.

De acordo com a secretária, Josiane Braga, a empresa mesmo informou que está examinando voluntariamente os trabalhadores para evitar um possível surto. “Foram surgindo casos positivos e pedimos, através de ofício, o acesso a todos os resultados para que também saibamos como está a situação”.

Os três positivos identificados dentre os trabalhadores são motoristas de empresas terceirizadas contratadas pela mineradora. “Queremos um detalhamento, quem reside na cidade, dentre os que estão sendo testados”.

Por meio da assessoria de imprensa, a Vale confirmou que “está realizando a testagem de seus empregados próprios e terceirizados” e que “a medida faz parte do conjunto de ações de prevenção e enfrentamento do novo coronavírus adotadas pela empresa, que incluem ainda triagem diária, medidas de distanciamento social e higienização, além da manutenção de um contingente mínimo em suas operações”.

Informou ainda que “mantém diálogo com os órgãos competentes e comunica as autoridades de saúde sobre casos suspeitos e/ou confirmados”.

A empresa não divulgou quantos funcionários tem em Ladário e Corumbá e nem quantos continuam trabalhando, uma vez que afastou os que têm mais de 60 anos e ainda os ocupantes de cargos cujo trabalho pode ser realizado em home office.