A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

11/11/2015 11:59

Em bloqueio da BR-163, índios dizem que PEC 215 tira direitos constitucionais

Helio de Freitas, de Dourados
Índios bloqueiam BR-163, na altura do km 308, em Rio Brilhante (Foto: Divulgação)Índios bloqueiam BR-163, na altura do km 308, em Rio Brilhante (Foto: Divulgação)

Índios guarani-kaiowá bloquearam na manhã desta quarta-feira (11) a BR-163, na altura do km 308, no município de Rio Brilhante, a 163 km de Campo Grande. A interdição faz parte dos protestos nacionais realizados hoje por índios de vários estados brasileiros contra a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 215, que tira do governo e transfere para o Congresso Nacional o poder sobre a demarcação de terras indígenas.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), que acompanha o protesto, a interdição é total é já provoca congestionamento. Não há previsão de liberação da rodovia. Pelo menos 40 índios estão no local, segundo a PRF.

O guarani Sergio da Silva disse por telefone ao Campo Grande News que o encerramento do protesto depende do comando nacional da mobilização, baseado em Brasília.

“A PEC 215 tira de nós índios os direitos fundamentais garantidos na Constituição de 1988. Se agora as demarcações já demoram muito, se essa PEC entrar em vigor os indígenas nunca mais terão acesso a seus territórios tradicionais”, afirmou.

Nesta manhã os indígenas também bloquearam a rodovia MS-156, que liga as cidades de Dourados e Itaporã. O bloqueio ocorre na rotatória de acesso à reserva indígena e impede a passagem de carros e caminhões. Motoristas que seguem para Maracaju, Sidrolândia, para a região de Bonito e para Campo Grande por esse trecho devem procurar caminho alternativo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions