ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Em nova investida, Paraguai destrói cinco hectares de maconha

Pelo menos 7,3 mil quilos de maconha picada também foram destruídos em Azotey

Por Helio de Freitas, de Dourados | 12/11/2020 15:06
Agente paraguaio corta pés de maconha a 90 km do território sul-mato-grossense (Foto: Divulgação)
Agente paraguaio corta pés de maconha a 90 km do território sul-mato-grossense (Foto: Divulgação)

Cinco hectares de lavouras de maconha prontas para colheita foram destruídos nesta quinta-feira (12) por agentes antinarcóticos da Polícia Nacional do Paraguai. A investida contra os plantadores da erva ocorreu em área de mata fechada em Azotey, no Departamento de Concepción, a pelo menos 90 quilômetros do território sul-mato-grossense.

Outros 7,3 mil quilos da erva picada, pronta para ser prensada, foram encontrados nos seis acampamentos montados pelos traficantes no meio da mata para secar e embalar a droga.

Nos barracos de lona, usados pelos trabalhadores rurais recrutados pelos traficantes, foram encontradas 300 bolsas com a droga picada. Ninguém foi preso, já que a polícia paraguaia considera os trabalhadores “vítimas” dos traficantes por não terem outra fonte de subsistência.

Prensas rústicas feitas com troncos de árvore, macacos hidráulicos e outros equipamentos usados para prensar os tabletes de maconha também foram encontrados e destruídos junto com a droga. Segundo os policiais, o local onde a droga era plantada é de muito difícil acesso, cercado por uma densa floresta.

Acampamento usado por traficantes para processar maconha (Foto: Divulgação)
Acampamento usado por traficantes para processar maconha (Foto: Divulgação)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário