A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/08/2016 23:34

Empréstimo de US$ 40 milhões para Corumbá é autorizado no Senado

Nyelder Rodrigues

Após pedido do presidente interino Michel Temer (PMDB) e parecer favorável do CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) ontem (23), o Senado aprovou em plenário nesta quarta-feira (23) a contratação de empréstimo de US$ 40 milhões para Corumbá - cidade localizada a 419 km de Campo Grande.

A operação de crédito externo, que terá garantia da União, será contratada entre o Município e o Fundo Financeiro para a Bacia do Prata, sendo utilizado para financiar parcialmente o Programa de Desenvolvimento Integrado de Corumbá. O prazo para liberar o empréstimo venceria no dia 2 de setembro.

O foco dos investimentos do programa são ações nas áreas de infraestrutura, habitação e socioambiental. A liberação do valor foi um pedido de Michel Temer em mensagem no DOU (Diário Oficial da União), publicada na edição de terça-feira. No mesmo dia, a questão foi aprovada no CAE do Senado.

Em outra mensagem, o presidente também pediu aprovação de empréstimo de US$ 56 milhões entre Campo Grande e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Aqui, o valor seria usado para implantar o projeto Reviva Centro e também teria garantia da União na contratação.

No caso de Corumbá, o recurso aprovado será executado na implantação de projeto urbanístico de desenvolvimento e mobilidade urbana que vai beneficiar aproximadamente 60 mil habitantes do município e outros cerca de 20 mil turistas que, mensalmente, visitam a cidade.

"Corumbá não pertence a Mato Grosso do Sul, pertence ao Brasil porque é a capital do Pantanal", afirmou a senadora sul-mato-grossense Simone Tebet (PMDB), que completou. "É um patrimônio de todos nós. Esse recurso, apesar de ir para a cidade, sem dúvida nenhuma contribuirá para que estejamos preservando o Pantanal", frisa Simone.

Quem também agradeceu foi o também senador sul-mato-grossense pelo PMDB, Waldemir Moka. "Vai ser como uma redenção para Corumbá, cidade histórica do meu Mato Grosso do Sul. Em nome do povo corumbaense, eu agradeço a todos os senadores", afirma Moka sobre o projeto que, agora, segue para promulgação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions