A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

21/05/2019 08:06

Família é condenada a 80 anos de prisão por duplo assassinato

Pai e filhos foram denunciados por homicídio qualificado: motivo fútil e recurso que dificultou a defesa das vítimas

Aline dos Santos
Julgamento aconteceu no Fórum de Brasilândia. (Foto: Sindijus/MS)Julgamento aconteceu no Fórum de Brasilândia. (Foto: Sindijus/MS)

Três pessoas de uma mesma família – pai e filhos – foram condenados a mais de 80 anos de prisão pelos homicídios de Damiana da Costa Ferreira da Silva e Marcelo Ferreira da Silva, respectivamente mãe e filho.

Os réus Nivaldo Pereira dos Santos (pai), Guilherme da Silva dos Santos e Anderson Silva dos Santos foram a julgamento na sexta-feira (dia 17), no Tribunal do Júri de Brasilândia, a 355 km de Campo Grande.

Conforme a denúncia, em 2014, Marcelo se envolveu em acidente automobilístico junto com Anderson Silva dos Santos. Após esse fato, Marcelo começou a ser ameaçado de morte.

Pai e filhos foram até a residência das vítimas em um carro Fiat Uno e, ao chegarem ao local, Nivaldo desceu do carro com pedaço de ferro nas mãos e desferiu golpes contra Damiana, que caiu no chão.

Marcelo tentou defender a mãe. Anderson fez disparos contra Marcelo e Damiana, que já estava no chão após as agressões físicas. A mulher foi atingida a tiro na cabeça.

O promotor Moisés Casarotto pediu a condenação dos réus pelo crime de homicídio qualificado, causado por motivo fútil e com recurso que dificultou a defesa das vítimas.

A defesa sustentou que o crime foi praticado sob o domínio de violenta emoção após injusta provocação das vítimas, solicitando o afastamento das qualificadoras.

Nivaldo Pereira dos Santos e Guilherme da Silva dos Santos foram condenados a 28 anos de reclusão e 3 meses de detenção. Já Anderson Silva dos Santos foi condenado a 24 anos de reclusão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions