A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

30/09/2016 14:56

Fazendeiro é multado em R$ 75 mil por degradar área de preservação

Guilherme Henri
Fazendeiro é multado em R$ 75 mil por degradar área de preservação

Fazendeiro que não teve a identidade revelada pela polícia foi multado ontem (29) em R$ 75 mil por diversas degradações ambientais, inclusive em áreas de preservação permanente.

A ocorrência foi atendida pela PMA (Polícia Militar Ambiental) que informou que a propriedade rural fiscalizada fica na rodovia MS 395, a 20 km de Bataguassu – a 335 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a PMA, na fazenda foi verificado que o gado entrava nas matas ciliares de um córrego que corta a propriedade. Não havia cercas protegendo a area e, devido ao gado ter acesso o local estava degradado devido ao pisoteio dos animais.

A falta de conservação do solo na propriedade fez com que surgissem diversas erosões, causando assoreamento do córrego. Alguns processos erosivos atingiram o lençol freático e algumas nascentes foram degradadas.

Em uma área da propriedade foi verificado ainda que o produtor havia realizado a construção de uma represa sem o licenciamento ambiental e durante a construção dos aterros, também foram degradadas partes das margens do córrego, que são áreas de preservação permanente.

As atividades foram paralisadas e o fazendeiro, que é morador de Presidente Epitácio (SP) foi multado em R$ 75.000,00. Ele responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente, que tem pena de um a três anos de detenção.

O infrator ainda notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions